terça-feira, 16 de janeiro de 2018

As regras do jogo

Com uma dedicatória aos adeptos e comentadores de futebol que torcem por clubes da margem sul (do Mondego). 



(Com o meu agradecimento à Gaviso - Soluções em construção civil. http://www.gaviso.com.br/)

 

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Afinal, 1+1=4 ou 5...

Retomo aqui uma posta antiga do Linguado, em que se falava da cantora Lana Del Rey e do seu gostinho por aproveitar músicas de outros e travesti-las como se fossem suas. Na ocasião, o que estava em causa era a colagem de pedaços de And I Love Her (The Beatles) e de It's no Good (Depeche Mode) na canção West Coast.
Pois, segundo acabo de ler, a jovem Lana reincide. Agora, é acusada de plagiar a famosa canção Creep, que o grupo Radiohead diz estar todinho no tema Get Free.
O mais curioso é que os próprios Radiohead foram acusados (e condenados) porque esta canção Creep foi, em parte, decalcada de The Air I Breathe, um hit popularizado pelos Hollies nos anos 1970 (escrito por Albert Hammond e Mike Hazlewood e que apareceu inicialmente num álbum de Hammond, em 1972).

Aqui fica a sequência desta badalhoquice: Hammond (1972), Hollies (1974), Radiohead (1992) e Lana del Rey (2017).